A Geração Z não parou de paquerar em 2020

1606401563490

Nos EUA, a Geração Z usou o Tinder para desabafar, protestar, comemorar, solidarizar, rir, mas acima de tudo, para paquerar

LOS ANGELES, 7 de dezembro de 2020 — O ano de 2020 pode ter parecido um desastre, mas não passou batido para os membros do Tinder. Em um ano sem precedentes, ao enfrentar novos obstáculos, os membros do Tinder se adaptaram e usaram a criatividade para se conectar. Neste último trimestre, as mensagens e o uso do recurso de deslizada no Tinder registraram um crescimento percentual de dois dígitos em relação ao final de fevereiro.

Enquanto os encontros na vida real estavam interrompidos, os membros recorreram ao Tinder para compartilhar os maiores momentos culturais de 2020. O pessoal usou o Tinder para conversar, se conhecer, se encontrar e trocar TikToks e dar de ombros (🤷), mantendo o distanciamento social e, na maior parte, físico. As bios do Tinder foram uma forma de os membros mostrarem quem são e quais são seus interesses, e os perfis foram mais criativos, dinâmicos e reveladores do que nunca em 2020. E embora a vida lhes tenha pregado uma peça, eles ainda conseguiram expressar quem realmente são sem reservas.

Analisando um ano inteiro de bios do Tinder, destacam-se os temas de criatividade e resiliência. Aqui estão as 10 tendências mais essenciais que aconteceram no Tinder em 2020:

As 10 tendências essenciais do Tinder em 2020
  1. O apoio ao Black Lives Matter ✊🏿 tornou-se pré-requisito para muitos Matches. As menções a BLM se multiplicaram 55x em 2020, ultrapassando o uso do termo ‘sexo casual’ até o final do ano. Desde junho, o Tinder começou a se encher de bios dizendo coisas como: Se você não apoia o BLM, não vamos dar certo 🥰
  2. As cantadas pandêmicas contagiaram o Tinder. Menções de ‘quarantine & chill’ dominaram o mês de março, com o sofrimento das medidas de restrição inspirando tiradas criativas neste espírito: Vamos fazer como a COVID e nos pegar ou Lave as mãos pra poder segurar as minhas.
  3. O TikTok e o Tinder deram um Match perfeito. Os TikToks no Tinder se tornaram uma forma de 1) compartilhar seus gostos, pedindo aos Matches para enviar alguns dos TikToks favoritos, 2) mostrar seus passos de dança, compartilhando os TikToks que fizeram e 3) ostentar que são ‘famosos no TikTok’. As menções ao TikTok aumentaram 8x em 2020, chegando ao auge em maio.
  4. As máscaras se tornaram item essencial na paquera. Os membros estavam prontos pra usar a máscara e se encontrar, com as menções a máscaras aumentando quase 10x em 2020, inspirando bios como: Quem topa se encontrar no parque de máscara? e Só transo de máscara. Mas use a máscara direito: alguns dos membros colocaram avisos como: Se você usa a máscara debaixo do queixo, arrasta pra esquerda 😷.
  5. Carole Baskin foi outro termômetro de 2020 🐯. Afirmar que ‘Carole Baskin matou o marido’foi um deal-breaker comum nas bios e um jeito de puxar assunto nos encontros desajeitados no Zoom: os membros estavam atrás de alguém com quem conversar sobre teorias populares a respeito de Tiger King.
  6. Os perfis do Tinder foram uma forma criativa de fazer o povo votar 🗳. Alguns usaram o Tinder para incentivar o pessoal a votar, enquanto outros viram a votação como um teste: Se não vai votar, nem tenta ;). Houve duas vezes mais menções de ‘voto’ em 2020, porque sabe o que é mais sexy que votar? Nada. 🔥🔥🔥
  7. As ilhas do Animal Crossing ajudaram a manter o flerte a 2 metros de distância. A criatividade na paquera chegou no auge, com o pessoal trocando os bares por ilhas do Animal Crossing. As menções de AC chegaram ao auge em maio, quando os membros podem ter encontrado perfis como: E se nos encontrarmos pra ver o pôr do sol… na minha ilha no Animal Crossing. Sério mesmo. 🤪
  8. O Tinder foi o lugar para compartilhar um 🤷🏽‍♀️🤷🏿‍♂🤷 para 2020. O emoji mais usado no Tinder em 2020 foi 🤷🏽‍♀️, pois os membros mostraram incerteza e ambivalência sobre o futuro. E muitas vezes, a ideia era a seguinte: Talvez tenhamos chance de nos encontrar em 2020, mas, sinceramente, vai saber? 🤷🏻‍♀️
  9. WAP levou a sexualidade sem amarras às bios do Tinder. Em agosto, WAP logo se tornou a música Nº1 no Tinder e se manteve durante 2020, inspirando muitas pessoas e criar coragem e compartilhar suas reboladas, com perfis mais ou menos assim: Procurando alguém disposto a assistir minha tentativa medíocre de fazer o desafio WAP do TikTok.
  10. O Passaporte ampliou os horizontes do flerte, apesar da proibição de viagens. Com as fronteiras fechadas, 16% dos membros usaram o recurso Passaporte do Tinder em abril para viajar pelo mundo e encontrar seu Match da quarentena, um aumento de 7x em comparação com as médias de 2019. As menções ao Passaporte eram mais ou menos assim: Explorando o mundo com a ajuda desse Passaporte.
Os 10 emojis de 2020

Os 10 emojis que mais se popularizaram no Tinder, que capturam como flertamos e paqueramos em 2020:

🤷🖤🌱🐯😷✊🏿🤯🧻🛒🗳
As 10 músicas essenciais do flerte em 2020

Estas 10 músicas em destaque no Tinder mostram como expressamos nossas emoções de 2020 com um Match:

  1. WAP (feat. Megan Thee Stallion) / Cardi B
  2. Laugh Now Cry Later (feat. Lil Durk) / Drake
  3. ROCKSTAR (feat. Roddy Ricch) / DaBaby
  4. Wishing Well / Juice Wrld
  5. WHATS POPPIN / Jack Harlow
  6. Toosie Slide / Drake
  7. Savage Remix (feat. Beyoncé) / Megan Thee Stallion
  8. For The Night (feat. Lil Baby & DaBaby) / Pop Smoke
  9. Mood Swings (feat. Lil Tjay) / Pop Smoke
  10. Life’s A Mess (feat. Halsey) / Juice Wrld


Metodologia: todos os dados acima vêm dos perfis do Tinder nos EUA. Os dados foram retirados de 15 de janeiro a 15 novembro para 2019 e 2020 a fim de possibilitar as comparações entre os anos. Os itens citados em cada lista não estão em nenhuma ordem particular.

Para saber mais sobre como os membros do Tinder em países selecionados usaram o aplicativo, contate press@gotinder.com.

Compartilhe esse post com os seu amigos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Todo casal tem suas semelhanças e diferenças. Desde o momento da paquera, elas aparecem, seja nos gostos culturais, no estilo de vida, situação socioeconômica, …

Nos EUA, a Geração Z usou o Tinder para desabafar, protestar, comemorar, solidarizar, rir, mas acima de tudo, para paquerar LOS ANGELES, 7 de …

Se inscreva na nossa newsletter

E fique por dentro de todos os nossos conteúdos. Você não vai querer perder né?